BIOGRAFIA RENATA NUNES

Missão: Adoçar vidas!

Nasci em Aracaju, pai baiano e mãe gaúcha. Como dizia meu vô a “Sêbaiúcha” (sergipana, baiana e gaúcha), a diversidade do Brasil está no meu DNA. Durante minha infância, minha vida inteira até hoje na verdade minha principal ponte aérea foi Porto Alegre, Salvador. Minhas doces lembranças desta época eram os deliciosos bolos mesclados com leite de coco e os brigadeiros com uma crostinha crocante da Vó Teresinha. Já no Sul minhas lembranças eram os ovos moles e a famosa ambrosia da Vó Isa.

A Gastronomia sempre esteve muito presente nas minhas duas famílias, mas o meu despertar e olhar para a Confeitaria surgiu mesmo nos meus quinze anos. Eu mesma quis fazer meu bolo e na época encomendei bolachinhas personalizadas, como lembrancinha da festa. Alguns anos passaram e aos 17 anos fui morar em São Paulo. Aos 19 anos, decidi largar o curso que estava fazendo e entrar na faculdade de gastronomia. Naquela época a área ainda não estava tão em evidência como hoje, mas São Paulo desde sempre foi um polo gastronômico muito forte, me possibilitando conhecer e explorar experiências diferenciadas na área. Nesta época tive a oportunidade de passar pelo DOM do Alex Atala, Hotel Gran Melia e fazer cursos e workshops da Le Cordon Bleu e com o Chef Fabrice Lenud.
Logo depois que conclui minha faculdade, resolvi me aventurar pela Europa, mais especificamente Barcelona na Espanha. Por lá estagiei na Confeitaria Bubó de Carles Mampel onde mais uma vez tive contato técnicas inovadoras e com muitos dos  melhores insumos do mundo. Nesta época também foram muito relevantes a viagem a Paris, berço da confeitaria e Zurich com seus famosos bombons e foundants.

De volta para o Brasil, depois de pouco mais de um ano morando em Porto Alegre fui morar em Salvador novamente, e por lá fiquei por sete anos. A Bahia, Nordeste tem uma grande influência nas minhas receitas. Encanta-me admirar tortas e doces decorados e cheios de técnicas, mas o que desperta mesmo a minha paixão e felicidade é um bom bolinho caseiro feito com ingredientes frescos. Acompanhado de um cafezinho então, praticamente um oásis! Além de grande influência a Bahia também me trouxe um amadurecimento profissional, por aqui consolidei meu nome no mercado e desenvolvi mais minha habilidade como professora. Em um primeiro momento dando aulas particulares e em faculdades, depois abri o Ateliê Cakes Renata Nunes onde produzia doces para eventos, e também ministrava aulas até começo de 2016. Depois desta época morei por um tempo em Porto Alegre mas a identificação com a Bahia falou mais alto, e quase dois anos depois voltei para Salvador. Hoje ministro aulas particulares, em faculdades, em grupos dou consultorias.

Durante estes 14 anos vários lugares e culturas influenciaram e influenciam minha profissão, mas sem dúvida o Nordeste e o Sul tem um peso fortíssimo, por fazerem parte da minha essência. Nas minhas aulas tento imprimir a simplicidade, “calor humano”, praticidade e o riquíssimo sabor da culinária Nordestina, já o Sul influencia muito na apresentação dos meus doces com toques rústicos de sofisticação, boa apresentação e polidez.


Nenhum comentário:

Postar um comentário